domingo, 6 de maio de 2018

Redação - Tema 2018N17 - Mudanças climáticas e aquecimento global (UFU, Uniube, Enem, Fuvest, Vunesp, Unicamp e demais vestibulares.)


Tema de redação 2018N17

Texto 01.
“1)       O que são Mudanças Climáticas?
As mudanças climáticas antropogênicas, ou seja, aquelas causadas pelo homem, estão associadas ao aumento da emissão de gases de efeito estufa por queima de combustíveis fósseis (dos automóveis, das indústrias, usinas termoelétricas), queimadas, desmatamento,
decomposição de lixo etc. A partir do final do século 18 (Revolução Industrial) e na segunda metade do século 20, houve uma expansão da produção industrial, o que gerou um grande aumento de emissões de gases de efeito estufa na atmosfera. Existem fortes indícios de que o clima está de fato mudando. As décadas de 1990 e 2000 foram as mais quentes dos últimos 1.000 anos. As projeções do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) indicam que nos próximos 100 anos poderá haver um aumento da temperatura média global entre 1,8°C e 4,0°C, e um aumento do nível médio do mar entre 0,18 m e 0,59 m, o que pode afetar significativamente as atividades humanas e os ecossistemas terrestres.”

Texto 02.
“A visão preponderante na Ciência admite que as mudanças no clima global são um fato e vem ocorrendo pela ação da atividade humana. O desafio para o enfrentamento das causas e das consequências das Mudanças Climáticas é imensamente complexo. Para a Educação Ambiental (EA) parece ser ainda mais, na medida em que a compreensão do fenômeno Mudanças Climáticas é algo distante, difícil, abstrato, deslocado no tempo e longe no espaço. A chave para a formulação e a implementação de políticas públicas de EA, em tempos de Mudanças Climáticas, deve estar centrada nas transformações humanas, propondo alternativas para o modelo e a cultura materialistas que colocam em risco a humanidade.
A Ciência do Clima demonstra que a humanidade irá enfrentar algum grau de Mudança Climática, além do que já vem ocorrendo; será irreversível, é um processo. As análises apontam que se todas as emissões de gases de efeito estufa fossem paralisadas hoje, os gases presentes na atmosfera (que demoram em média um século para se dissipar) ainda aqueceriam a terra no mínimo em mais 1ºC até 2100, além dos 0,76 ºC que o planeta já ganhou desde a Revolução Industrial. Nesse sentido, a premência da EA diante desse cenário que se projeta, tem que ser de mobilização e engajamento pela vida.”

Texto 03.
“Mais de mil ilhas tropicais correm o risco de se tornarem inabitáveis em meados do século – ou possivelmente mais cedo – por causa do aumento do nível do mar, aumentando a população de algumas nações insulares e ameaçando ativos militares dos EUA, segundo uma nova pesquisa.
As ameaças às ilhas são duplas. A longo prazo, os mares em ascensão ameaçam inundar completamente as ilhas. Mais imediatamente, à medida que os mares sobem, as ilhas lidam com mais frequência com grandes ondas, contaminando o abastecimento de água potável com água salgada do oceano, de acordo com a pesquisa.
As ilhas enfrentam ameaças ligadas ao abastecimento de água “em um futuro muito próximo”, segundo o estudo, publicado na revista Science Advances.
O estudo se concentrou em uma parte das Ilhas Marshall (no Oceano Pacífico). Hilda Heine, presidente das Ilhas Marshall, disse em uma entrevista que o artigo traz a seriedade da situação enfrentada por seu país insular. “É um cenário assustador para nós”, disse ela.”

Texto 04.
“A mudança climática está tendo um impacto significativo nos padrões climáticos, nas precipitações e no ciclo hidrológico, afetando a disponibilidade de água superficial, assim como a umidade do solo e reposição de água subterrânea. Um recente estudo estima que a mudança climática está acontecendo devido ao crescimento global da escassez de água (20%), e devido ao crescimento populacional e ao desenvolvimento econômico (80%).
A Iniciativa em Mudança Climática da UNESCO (UNESCO Climate Change Initiative), lançada pela diretora-geral em Copenhague, coordena o trabalho da UNESCO e o une com os outros órgãos das Nações Unidas e visa a auxiliar os Estados-membros a mitigar no contexto da mudança climática, avaliar os riscos de desastres naturais causados pela mudança climática, bem como monitora os efeitos da mudança climática nos sítios reconhecidos pela UNESCO (sítios do Patrimônio Mundial e Reservas da Biosfera). A iniciativa usa esses sítios para promover economias de baixo carbono, por exemplo, por meio do uso sustentável de fontes de energia renovável.
As complexidades envolvidas requerem progresso mais avançado na oferta de educação, conscientização pública e treinamento para sociedades em todo o mundo para melhor compreenderem, mitigarem e se adaptarem à mudança climática. Esse progresso criará cidadãos bem informados, uma força de trabalho com conhecimento e servidores públicos experientes.
A mudança climática está cada vez mais reconhecida como propulsora da mudança da biodiversidade com o aumento mais rápido dos impactos e efeitos cascata relacionados em meios de subsistência humanos. Perda e degradação da biodiversidade, como em florestas, também são um propulsor importante da mudança climática. Por meio de serviços de ecossistemas, a biodiversidade contribui significativamente para mitigação e adaptação à mudança climática, fornecendo a base para os esforços em reduzir os efeitos negativos da mudança climática.
A importância do oceano para a mudança climática não pode ser subestimada. O oceano regula nosso clima e captura quase um terço de nossas emissões de carbono, quer sejam causadas pelos crescentes gases de efeito estufa, pela poluição costeira, pela pesca demasiada, pelo desenvolvimento costeiro ou pela crescente tensão de poluição, o oceano do mundo e os ecossistemas marinhos estão passando por grandes mudanças.”

Proposta de redação 2018N17-A - Dissertação (USP, Unesp, Uniube, etc.)
Faça uma dissertação sobre a seguinte afirmação:

Não se sinta culpado por optar por essa bobagem: um exame mais profundo revela que ela é um elaborado embuste criado pelo interesse de algumas nações cujas economias se enriquecem a curto prazo pela venda de turbinas eólicas, usinas de biocombustível e outros equipamentos energéticos supostamente verdes. Não acredite por um momento sequer na conversa de vendedor de que isso salvará o planeta. A conversa mole dos vendedores tem a ver com o mundo que eles conhecem, o mundo urbano. A Terra real não precisa ser salva. Pôde, ainda pode e sempre será capaz de se salvar, e agora está começando a fazê-lo, mudando para um estado bem menos favorável a nós e outros animais. O que as pessoas querem dizer com o apelo é ‘salvar o planeta como o conhecemos’, e isso agora é impossível.” (James Lovelock, 1919-, pensador, cientista e ambientalista inglês em “Gaia: alerta final”)

Instruções para a dissertação:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.


Para ter acesso ao restante das propostas, clique no "link" abaixo à esquerda.


Proposta de redação 2018N17-B – Outros gêneros textuais – Conto (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Escreva um breve conto a respeito de um futuro da humanidade em que o nível da água do mar subiu mais de dois metros em média no planeta de forma a responder as seguintes perguntas: o que acontecerá com a maioria da humanidade que vive em áreas costeiras? O que ocorrerá com a produção de alimentos?

Instruções gerais:
1. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: José ou Josefa. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
5. Quanto ao número mínimo e máximo de linhas e outras especificidades, informe qual o vestibular que você irá prestar para que possamos adequar a correção às exigências do concurso escolhido.

Proposta de redação 2018N17-C - Carta argumentativa (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Escreva uma carta argumentativa para uma empresa de sua escolha com o intuito de solicitar esclarecimentos sobre o que essa instituição efetivamente faz para minimizar ou mesmo combater a emissão de gases estufa no meio ambiente.

Proposta de redação 2018N17-D – Artigo de opinião (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Faça um artigo de opinião sobre as razões de, apesar de haver uma significativa produção científica a respeito dos severos riscos para a humanidade do aquecimento global, não haver por parte de Governos, empresas e indivíduos uma ampla e intensa mobilização contrária a esse processo.

Proposta de redação 2018N17-E – Editorial (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Escreva um editorial em que se contextualize as responsabilidades e os avanços relativos ao Brasil no que tange o combate ao aquecimento global.

Instruções UFU:
1. Após a escolha de uma das situações, assinale sua opção no alto da folha de resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero selecionado.
2. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: JOSÉ OU JOSEFA. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Utilize trechos dos textos motivadores (da situação que você selecionou) e parafraseie-os.
5. Não copie trechos dos textos motivadores, ao fazer sua redação.
6. Mínimo de 25 e máximo de 30 linhas.
7. ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.

Proposta de redação 2018N17-F - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “aquecimento global e mudanças climáticas no Brasil do século XXI”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:
1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.