sábado, 2 de setembro de 2017

Redação - 20temasparaoEnem2017 - Proposta 2017E9 - bullying (Enem, Vunesp, Unicamp, Fuvest, Uniube e demais vestibulares.)

Leia atentamente os textos abaixo.

Texto 01.
“Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.
‘É uma das formas de violência que mais cresce no mundo’, afirma Cléo Fante, educadora e autora do livro ‘Fenômeno Bullying: Como Prevenir a Violência nas Escolas e Educar para a Paz’ (224 págs., Ed. Verus, tel. (19) 4009-6868 ). Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa.”

Para ter acesso à íntegra dessa publicação, clique no "link" abaixo à esquerda.

Texto 02.
“Quando uma criança sofre violência física ou psicológica, sobretudo no ambiente escolar, o esperado é que aquele trauma seja superado na medida em que ela cresce, certo? Novas pesquisas indicam, porém, que as cicatrizes podem acompanhá-la para sempre.
É o caso de uma investigação que seguiu mais de 7 mil britânicos desde a época em que frequentavam o colégio e tinham entre 7 e 11 anos até a quinta década de vida. A triste constatação: sujeitos que sofreram bullying possuíam maior probabilidade de encarar depressão, transtornos de ansiedade e pensamentos suicidas quando adultos. Não parava aí. Essas mesmas pessoas tendiam a apresentar nível educacional mais baixo e, entre os homens, salários menores.
‘Nem todos os indivíduos agredidos na infância terão essas dificuldades depois, mas o risco de que isso aconteça nesse grupo é muito maior em relação ao restante da população’, analisa a psicóloga Louise Arseneault, do King’s College London, na Inglaterra.
Em outro levantamento, Louise notou que 26% das mulheres que foram vítimas de bullying mais jovens tornaram-se obesas aos 45 anos – entre as que não passaram por isso, o índice ficou em 19%. Na comparação, ainda foi possível discernir que quem pelejou com as zoeiras quando pequeno apresentava mais tarde uma maior circunferência na cintura, algo que, além de incomodar o espelho, pode sabotar a saúde.
Além do impacto no corpo, a mente e o convívio social também costumam sair traumatizados. ‘A autoestima fica abalada e geralmente a pessoa não consegue fazer amizades com tanta facilidade’, observa Lúcia Williams, professora de psicologia da Universidade Federal de São Carlos, no interior paulista. ‘Nesse contexto, pode se desenvolver certa aversão à escola e há casos de indivíduos que param até de estudar’, atesta.”

Texto 03.

Texto 04.

Situação 2017E9-A - Dissertação (USP, UFU, Unesp, Uniube, etc.)
Faça uma dissertação sobre a relação entre “bullying” e a cultura contemporânea.

Instruções:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.

Situação 2017E9-B – Outros gêneros textuais – autobiografia (Unicamp, UEL, etc.)
Escreva uma crônica sobre as razões da maioria das escolas atuarem tão pouco ou mesmo nada contra o “bullying” que ocorre em suas dependências.

Instruções gerais:
1. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: José ou Josefa. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Utilize trechos dos textos motivadores (da situação que você selecionou) e parafraseie-os.
5. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
6. Quanto ao número mínimo e máximo de linhas e de acordo com o vestibular pretendido, informe qual o vestibular que você irá prestar para que possamos adequar a correção às exigências do concurso escolhido.

Situação 2017E9-F - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “os caminhos para erradicar o ‘bullying’ das escolas brasileiras”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:
1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.