segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Redação - 20temasparaoEnem2017 - Proposta 2017E14 - cultura digital - "smartphone" (Enem, Vunesp, Unicamp, Fuvest, Uniube e demais vestibulares.)

Leia atentamente os textos abaixo.

Texto 01.
“O número de aparelhos smartphones em uso no Brasil chegará a 168 milhões em maio, de acordo com dados da 27ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e divulgada na quinta-feira (14).
Em relação a maio do ano passado, há uma alta 9%, quando o número ficou em 151,5 milhões.
Para Fernando Meirelles, professor da FGV-SP e responsável pelo estudo, o número vem crescendo graças a mudanças comportamentais.
"Quanto mais jovem a pessoa, mais ela está fazendo tudo no smart. Eu tenho vários alunos que, mesmo com o computador, por exemplo, eles observam o celular. Então é comportamental. O pessoal mais velho ainda faz questão de outros dispositivos, quanto mais menos questão de usar outros dispositivos", afirma Meirelles.
Segundo a pesquisa, a projeção é que, até 2018, o número de smartphones chegue a 236 milhões.
O estudo mostra ainda que há mais smartphones que computadores no país (notebooks, tablets e desktops). O número de computadores ficará, em maio, em 160 milhões.
Com a soma entre smarts e computadores, a densidade de disponíveis conectados a internet será de 1,6 aparelho para cada habitante no país.
Para efeito de comparação, há seis anos, o número era de um dispositivo para cada dois brasileiros.
Em 2018, a projeção de densidade de dispositivos conectados a internet será de dois por habitante, alcançando 416 milhões de aparelhos.”

Para ter acesso à íntegra dessa publicação, clique no "link" abaixo à esquerda.


Texto 02.
“O Brasil está cada vez mas conectado e de olho nos smartphones. De acordo com o  Global Mobile Consumer Survey 2016, estudo da consultoria Deloitte que avalia o hábito de consumo de equipamentos e serviços de tecnologia móvel, 80% dos brasileiros já usam smartphones em seu dia a dia -- número próximo à média global, de 81%. É um aumento de 176% ao ser comparado com o  acesso total aos smartphones em 2013, quando apenas 29% da população no Brasil possuía um telefone celular inteligente.
“Há alguns anos atrás, este número era muito baixo”, afirma a sócia-líder para atendimento à indústria de tecnologia e telecomunicações da Deloitte, Marcia Ogawa, sobre o uso de smartphones no Brasil. “A penetração e interesse do brasileiro em relação aos smartphones é muito alto. Há também um uso cada vez mas frequente do 4G. Saltou de 25%  para 48%. Isso comprova o aumento no número de pessoas com celulares.”
Com maior uso de smartphones pelos brasileiros, hábitos em relação ao uso dos aparelhos também começam a ser observados no País. Ainda de acordo com o Global Mobile Consumer Survey 2016, 37% dos donos de smartphones afirmam verificar  suas mensagens instantâneas, em aplicativos como o WhatsApp, caso acordem no meio da noite. Enquanto isso, 28% dos pesquisados disseram que chegam a responder mensagens durante a madrugada.
Nos extremos do dia, o smartphone também se torna uma figura marcante. Segundo o estudo, pelo menos 32% dos donos de telefones inteligentes dizem que a primeira coisa que fazem ao acordar é olhar seu aparelho. Ao final do dia, 48% das pessoas disseram que dão uma última olhadinha no smartphone, cinco minutos antes de ir dormir.
“As facilidades proporcionadas pelas tecnologias condensadas em um único smartphone estão transformando o dia a dia das pessoas em todo o mundo”, avalia Ogawa. Para Craig Wigginton, consultor da Deloitte para telecomunicação global, o Brasil já se mostra à frente de outros países. “Se compararmos com a América, o Brasil é um dos que mas teve aumento no uso e, principalmente, mudanças no hábito de uso.”
Hábitos perigosos relacionados ao uso do smartphone também começam a aparecer no Brasil. Na pesquisa da Deloitte, 15% das pessoas que possuem um smartphone costumam atravessar ruas interagindo com os seus aparelhos. Mais perigoso ainda, 12% dos participantes do estudo que têm telefones móveis frequentemente dirigem veículos usando seus aparelhos.
Novas tecnologia. Não é só o uso de smartphones que começam a crescer no Brasil. De acordo com o estudo, relógios conectados tiveram uma alta de 4% para 6% em 2016, enquanto pulseiras inteligentes tiveram um aumento de 2% para 4% e o streaming de vídeo, como Netflix, foi de 7% para 10%. Entretanto, o que mais chamou a atenção foi a penetração de óculos de realidade virtual. Segundo o estudo, os óculos, que não tinham sido citados em 2015, já são realidade para 6% dos brasileiros, enquanto 11% pretendem comprar um nos próximos meses.”

Texto 03.

Texto 04.
smartphones no brasil

Situação 2017E14-A - Dissertação (USP, UFU, Unesp, Uniube, etc.)
Faça uma dissertação argumentativa acerca de como grande parte dos brasileiros transformaram o “smartphone” em um item de “primeira necessidade” a ponto de induzir ao vício, à compulsão, etc. Quais as consequências individuais e para a sociedade dessa nova cultura?

Instruções:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.

Situação 2017E14-B – Outros gêneros textuais – Resenha (Unicamp, UEL, etc.)
Faça um resenha do texto dois da coletânea desta proposta. O texto deverá ter entre 10 e 20 linhas.

Instruções gerais:
1. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: José ou Josefa. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Utilize trechos dos textos motivadores (da situação que você selecionou) e parafraseie-os.
5. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
6. Quanto ao número mínimo e máximo de linhas e de acordo com o vestibular pretendido, informe qual o vestibular que você irá prestar para que possamos adequar a correção às exigências do concurso escolhido.

Situação 2017E14-F - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “como tornar o ‘smartphone’ efetiva e amplamente uma ferramenta a favor do desenvolvimento escolar, cultural e intelectual dos brasileiros”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:
1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.