domingo, 29 de janeiro de 2017

Redação - Proposta 2017V3 - grafite (UFU, Enem e demais vestibulares.)

Leia com atenção os textos abaixo:

Texto 01.
“O grafite, mais associado à arte, é mais facilmente entendido como forma de ação do Estado e mesmo do mercado, já a pichação, execrada pela maioria da população, é uma máquina de guerra, nômade e difícil de ser capturada. Assim, fica mais fácil criminalizar esta e mesmo criar certo pânico moral em torno dela como forma de marketing político e publicidade pessoal.” (Alexandre Barbosa Pereira, sociólogo)

Texto 02.
“O grafite foi um espelho próspero para a cultura desenvolvida pelos jovens de origem periférica da cidade.” (Sérgio Miguel Franco, sociólogo)

Texto 03.
“Eu acho que grafite é arte, claro. Desde que eu fui convidado, eu já tinha falado com o prefeito sobre um programa de arte urbana na cidade, apoiar o grafite, São Paulo já é uma referência internacional em relação ao grafite e eu acho que uma das vocações de São Paulo é o turismo cultural, ninguém vem a São Paulo por causa de praia, o Rio de Janeiro é imbatível nisso. Agora, São Paulo é uma cidade que tem um dinamismo cultural enorme. Então, a gente já tinha esse projeto. Pichação é vandalismo. É outra história. Agora, não cabe à Secretaria da Cultura combater nada. A Secretaria da Cultura promove. Vai promover, vai estimular o grafite. Somos super a favor do grafite e não é na oratória. A gente vai lançar um programa de arte urbana que a gente pretende chamar de Museu da Arte Urbana, tem que ter um nome, é claro, e no máximo na semana que vem a gente deve lançar esse programa até para as pessoas pararem com essa história de que o prefeito é contra o grafite. O prefeito não é contra o grafite, claro que não é. Hoje está correndo na internet que o prefeito vai mandar apagar o Beco do Batman. Imagina, gente! Isso nunca esteve em pauta!” (André Sturm, secretário de cultura do município de São Paulo na gestão João Dória)

Texto 04.
Resultado de imagem para grafite charge pixação

Situação 2017V3-A - Dissertação (USP, Unesp, Uniube, etc.)
Faça uma dissertação sobre os paralelos possíveis entre o grafite e as artes plásticas.

Instruções:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.

Situação 2017V3-B – Outros gêneros textuais – carta aberta (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Faça uma carta aberta destinada aos grafiteiros da cidade de São Paulo a respeito dos murais apagados, você deve ser coerente com as ideias expostas no texto 03 pelo secretário de cultura da gestão Dória. A carta deve ser assinada pela Secretaria Municipal de Cultura.

Instruções gerais:
1. Se for o caso do gênero textual em questão, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: José ou Josefa. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Utilize trechos dos textos motivadores (da situação que você selecionou) e parafraseie-os.
5. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
6. Quanto ao número mínimo e máximo de linhas e de acordo com o vestibular pretendido, informe qual o vestibular que você irá prestar para que possamos adequar a correção às exigências do concurso escolhido.

Situação 2017V3-C - Carta argumentativa (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Escreva uma carta argumentativa destinada ao prefeito João Dória com a sua posição sobre o grafite e a pichação na cidade de São Paulo a partir do ponto de vista de um potencial turista interessado em ir à cidade de São Paulo.

Situação 2017V3-D – Artigo de opinião (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Faça um artigo de opinião sobre a arte urbana e sua relevância para a melhoria ou a piora da qualidade de vida nas grandes cidades brasileiras.

Situação 2017V3-E – Editorial (UFU, Unicamp, UEL, etc.)
Faça um editorial sobre as relações entre periferia, liberdade de expressão e grafite.

Instruções UFU:
1. Após a escolha de uma das situações, assinale sua opção no alto da folha de resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero selecionado.
2. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura: JOSÉ OU JOSEFA. Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de prova.
4. Utilize trechos dos textos motivadores (da situação que você selecionou) e parafraseie-os.
5. Não copie trechos dos textos motivadores, ao fazer sua redação.
6. Mínimo de 25 e máximo de 30 linhas.
7. ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.

Situação 2017V3-F - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “arte urbana: como torná-la favorável à qualidade de vida nas grandes cidades brasileiras?”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:
1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.