domingo, 25 de outubro de 2015

Considerações sobre o tema do Enem 2015, por Estéfani Martins

Licença Creative Commons
O trabalho Opera10 de Estéfani Martins está licenciado com uma Licença 
Baseado no trabalho disponível em www.opera10.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em www.opera10.com.br.


Desigualdade de gênero

Tema do Enem 2015 - "A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira"

Contextualizações, problematizações e propostas de intervenção 
  • A persistência da violência contra a mulher pode estar intimamente relacionada à manutenção de padrões machistas em vários tipos de relações sociais.
  • A persistência da violência contra a mulher pode estar relacionado ao crescimento do fundamentalismo religioso no Brasil nos últimos 10 anos.
  • Aprovação do feminicídio pela Câmara.
  • Aprovação de cotas para mulheres na política.
  • O impacto da Lei Maria da Penha na violência contra a mulher.
  • Criação de políticas para estímulo e regulamentação da ocupação de cargos políticos eletivos, por exemplo, garantir por lei que metade das cadeiras do legislativo sejam ocupadas por mulheres, o que pode, com o aumento da representatividade política delas, ser uma mecanismo eficiente para o combate da violência contra a mulher.
  • Defesa e manutenção do Estado como instituição laica, já que se sabe que várias religiões têm cada vez mais fieis fundamentalistas, que são cada vez mais representados por políticos com mesma inclinação ideológica, a saber: o interesse de rechaçar e desarticular conquistas históricas das mulheres ou mesmo impedir o amplo empoderamento feminino na sociedade.
  • Criar campanhas permanentes e mais diretas para combater a violência contra a mulher em todos as instâncias, espaços e circunstâncias.
  • Os números alarmantes de casos de estupro no Brasil, mesmo em um tempo de vigência da Lei Maria da Penha.]
  • Criar ou melhorar aparato jurídico e policial eficiente para garantir a integridade física e emocional das mulheres como nos casos em que mulheres relatam por meio de Disque denúncia ou ligação para a polícia de ex-companheiro violento, mas, mesmo assim, muitas são mortas devido a morosidade do socorro.
  • Universalização da rede de Delegacias da mulher no Brasil para que as mulheres vítimas de violência possam ter um espaço mais receptivo para acolhê-las em momentos de extrema dificuldade como nos casos de espancamento e violência sexual.
  • Fomentar por meio de associação de pais ou iniciativas governamentais o debate sobre questões de gênero na escola baseados no respeito e colaboração entre homens e mulheres.
  • Aprimorar o aparato estatal capaz de garantir que medidas de restrição impostas contra homens agressores sejam respeitadas.
  • Fomentar a criação ou aprimoramento de locais de apoio e proteção para mulheres agredidas ou que foram agredidas pelos seus maridos, pais, irmãos, companheiros, etc.

Textos de aprofundamento




Intertextualidades
  • “Preciosa”, filme.
  • “Belle”, filme.
  • “Mothern” – série.
  • "Tomates verdes fritos" - filme.
  • "Monster, desejo assassino" - filme.
  • "Tabu" - filme.
  • “Lavagem cerebral, o paradoxo da Teoria do gênero” – documentário.
  • Quando se procura o mal na História, vê-se que sempre foi causado por uma pessoa ou um grupo sobre outros, seja por causa da raça, do gênero, da preferência sexual ou da religião. Isso é universalmente incorreto e impede a paz! (Drey Barrymore)
  • "Uma mulher pode fazer qualquer coisaconseguir o que quiser, contanto que não se apaixone." (Joan Crawford)
  • "homem procura a felicidade, a mulher a espera." (Severo Catalino)
  • “Se um homem bate na mesa e grita, está impondo controle. Se a mulher faz o mesmo, está perdendo o controle.” (Bárbara Soares)
  • "Mulheres envelhecem, homens amadurecem." (Gloria Steinem)
  • "Juíza", Porta dos fundos - esquete.
  • https://www.youtube.com/watch?v=nHcQOY-Rews

Interdisciplinaridades
  • Discussões amparadas pela História para entender a evolução das funções e expectativas sociais e culturais sobre homens e mulheres.
  • A história e as contribuições do feminismo para a promoção da igualdade de gênero.
  • A questão do gênero pelo mundo.
  • A questão de gênero segundo alguma perspectiva jurídica.
  • Os direitos conquistados por mulheres desde o direito ao voto no início do século XX em muitos países, inclusive no Brasil.
  • Questões biológicas e psíquicas que aproximam ou diferenciam homens de mulheres.

Proposta(s) de redação relacionada(s)