segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Redação - Proposta 2014-52 - Epidemias

Proposta de redação

Leia atentamente os textos abaixo.

Texto 01.
As grandes epidemias ao longo da História.

Texto 02.


Texto 03.
“Epidemias causam pânico, preocupação e mortes. Sempre foi assim, desde que o homem começou a conviver com as bactérias, as formas de vida mais antigas do planeta. As doenças têm formas variadas, e as mortes podem ser provocadas tanto por uma enfermidade antiga quanto por um novo vírus.
Uma definição de epidemia é dada pelo infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e autor de "A Historia e Suas Epidemias", Stefan Cunha Ujvari: " são ocorrências de casos de uma doença em número superior ao esperado – esperado com base em cálculos, não em adivinhação."
Em muitos momentos da história, populações foram arrasadas por mortes em grande escala. A diferença em relação às epidemias atuais é que, antigamente, não eram conhecidas as causas de muitas doenças e não era possível, como hoje, fazer um trabalho preventivo.

"Hoje, com um mundo globalizado e grande acesso a informação e tecnologia, podemos controlar mais facilmente o desenvolvimento dos casos", explicou Ujvari em entrevista ao G1 por telefone.
Doenças como cólera, varíola, sarampo e gripe mataram milhões de pessoas em diferentes épocas e lugares.”

Texto 04.
 

Texto 05.
 
Texto 06.
Nesta sexta-feira, 8 de agosto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a epidemia de ebola emergência internacional de saúde pública. Veja a resposta do diretor operacional de Médicos Sem Fronteiras (MSF), Bart Janssens, à esta medida:
“Declarar Ebola uma emergência internacional de saúde pública mostra quão seriamente a OMS está assumindo o surto atual, mas declarações não salvam vidas.
Agora, precisamos que esta declaração se traduza em ação imediata em campo. Por semanas, MSF tem repetido que uma massiva resposta médica, epidemiológica e de saúde pública é desesperadamente necessária para salvar vidas e reverter o curso da epidemia. Vidas estão sendo perdidas porque a resposta é lenta demais.
Países que possuem as capacidades necessárias devem enviar imediatamente os infectologistas disponíveis e kits de socorro para a região. Está claro que a epidemia não será contida sem um envolvimento massivo destes Estados.
Em termos concretos, tudo precisa ser radicalmente ampliado: atendimento médico, treinamento de profissionais de saúde, controle de infecção, rastreamento das pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas, vigilância epidemiológica, sistemas de alerta e referência, mobilização comunitária e educação (sobre o vírus).
MSF conta atualmente com 66 profissionais internacionais e 610 nacionais respondendo à crise nos três países afetados. Todos os nossos especialistas em ebola estão mobilizados, nós simplesmente não podemos fazer mais.”

Situação 2014/52/A - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “o desafio das epidemias em mundo cada vez mais populoso e globalizado”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:

1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Situação 2014/52/B - Dissertação (USP, Unesp, etc.)
Faça uma dissertação sobre a seguinte afirmativa:

Epidemias são um risco iminente para toda a sociedade, especialmente do século XXI.

Instruções:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.

Situação 2014/52/C – Outros gêneros textuais – carta argumentativa (Unicamp, UEL, etc.)
Faça uma carta a ser enviada para o Ministro da Saúde a fim de sugerir meios e maneiras de evitar que o Brasil seja afetado pela epidemia de Ebola em curso na África.

Instruções:

1. Após a escolha de uma das situações, assinale sua opção no alto da folha de resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero selecionado.
2. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Não copie trechos dos textos motivadores, ao fazer sua redação.
4. ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.
5. Mínimo de 10 e máximo de 30 linhas.