segunda-feira, 2 de junho de 2014

Redação - Proposta 2014-33 - juventude - comentário-carta

Proposta de redação

Leia atentamente os textos abaixo.

Texto 01.
“Jovens, envelheça.”
Nelson Rodrigues (1912-1980), jornalista, articulista e dramaturgo brasileiro.

Texto 02.
"O que se aprende na juventude dura a vida inteira."
Francisco Gómez de Quevedo y Villegas (1580-1645), escritor espanhol.

Texto 03.
"A juventude, ainda que só uma gotinha e ainda que pelo caminho torto, sempre é generosa.”
"A generosidade da juventude é um encanto, mas não vale um vintém. Por que não vale? Porque não lhe custa nada, não resultou do fato de ter vivido, tudo são, por assim dizer, as primeiras impressões da existência."
Fiodor Dostoievski (1821-1881), escritor russo.

Texto 04.
“...estou com dezessete agora – mas de vez em quando me comporto como se tivesse uns treze. E a coisa é ainda mais ridícula porque tenho um metro e oitenta e cinco e já estou cheio de cabelos brancos (...) Apesar disso, às vezes me comporto como se tivesse doze anos.”(p.13)
“Eu só tinha uns treze anos, e meus pais resolveram que eu precisava ser psicanalisado e tudo, porque quebrei todas as janelas da garagem.” (p.37)
“...fico imaginando uma porção de garotinhos brincando de alguma coisa num baita campo de centeio e tudo. Milhares de garotinhos, e ninguém por perto – quer dizer – ninguém grande – a não ser eu. E eu fico na beirada de um precipício maluco. Sabe o quê que eu tenho de fazer? Tenho que agarrar todo mundo que vai cair no abismo. Quer dizer, se um deles começar a correr sem olhar onde está indo, eu tenho que aparecer de algum canto e agarrar o garoto. Só isso que eu ia fazer o dia todo. Ia ser só o apanhador no campo de centeio e tudo. Sei que é maluquice, mas é a única coisa que eu queria fazer. Sei que é maluquice.” (p.147)
Trechos extraídos de “O apanhador no campo de centeio” de J. D. Salinger (1919-2010).

Texto 05.




Situação 2014/33/A - Dissertação (Enem)
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “a cultura jovem no Brasil da atualidade”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Instruções Enem:

1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
3. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
4. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
5. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero.
6. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Situação 2014/33/B - Dissertação (USP, Unesp, etc.)
Faça uma dissertação sobre a seguinte afirmativa:

Já não se fazem mais jovens como antigamente.

Instruções:
1. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
2. A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
3. Dê um título a sua redação.

Situação 2014/33/C – Comentário (Unicamp, UEL, etc.)
Faça um texto em primeira pessoa a ser publicado em uma rede social no qual você discuta os dilemas, preocupações e prazeres associados à juventude contemporânea.

Instruções:

1. Após a escolha de uma das situações, assinale sua opção no alto da folha de resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero selecionado.
2. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. Não copie trechos dos textos motivadores, ao fazer sua redação.
4. ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.
5. Mínimo de 15 e máximo de 30 linhas.

Situação 2014/33/D - Carta argumentativa (Uniube, Unicamp, UEL, etc.)
Escreva uma carta argumentativa para um diretor de uma instituição educacional de sua escolha com o intuito de esclarecê-lo sobre o perfil do jovem com quem ele lida e de propor meios e medidas para que essa organização consiga interagir e contribui mais para a formação desses jovens.

Instruções:

1. Após a escolha de uma das situações, assinale sua opção no alto da folha de resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero selecionado.
2. Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar.
3. No lugar da assinatura, coloque um traço.
4. Não copie trechos dos textos motivadores ao fazer sua redação.
5. ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema que escolheu, sua redação será penalizada.
6. Mínimo de 15 e máximo de 30 linhas.