domingo, 11 de agosto de 2013

ATA - segundo ano - Música eletrônica (parte 1)

Música eletrônica (parte 1)

Conceito
Música eletrônica [e-music, Electronic Dance Music (EDA)] é a música criada ou modificada por meio do uso de equipamentos e instrumentos eletrônicos, tais como sintetizadores, gravadores digitais, computadores ou "softwares" de composição. Iniciou-se como uma vertente de vanguarda da música clássica e transformou-se em um importante elemento da música popular. Em torno dela desenvolveu-se uma cultura que abarca a moda, o uso de drogas sintéticas, a dança, as festas "raves", etc.

História

- o pai acidental - Thomas Edison - século XIX - criador do fonógrafo, primeiro aparelho capaz de reproduzir eletricamente sons gravados.
- os idealizadores - John Cage, Pierre Schaeffer - fim da década de 1940 - criaram formas experimentais de música eletrônica ao unirem em uma mesma música ruídos produzidos pela manipulação de um toca-disco de "long play" (LP), experiências com recursos eletro-eletrônicos e outros ruídos. Tecnicamente, foram o autores das primeiras músicas eletrônicas, das primeiras experiências com instrumentos eletrônicos e das mixagens.

John Cage - 1939 - Landscape nº 1

Karlheinz Stockhausen - 1951 - O canto dos adolescentes

Pierre Schaeffer & Pierre Henry - 1953 - Orphée 53

- os estimuladores - Werner Meyer-Eppler, Herbert Eimert e Robert Beyer – década de 1940 e 1950 – criam e mantém o primeiro estúdio completamente dedicado à produção de música eletrônica.
- os divulgadores – Beatles, Beach Boys, Pink Floyd, etc. – década de 1960 – foram bandas pioneiras no uso de recursos eletrônicos como sintetizadores.

The Beach Boys (Pet Sounds) - God Only Knows

Beatles - Here Comes The Sun (1’50’’)

Pink Floyd (The Piper at the Gates of Dawn) - The Gnome

- as origens negras - periferia NY – década de 1970 – no contexto do surgimento da cultura Hip Hop (RAP, Break e Grafite), muito influenciada pela “Sound systems” jamaicanas, um elemento fundamental da cultura e da estética da música eletrônica surgiu como conhecemos: o DJ.

Sound Systens jamaicanas.

Grand Master Flash – um dos primeiros DJs de RAP.

http://www.youtube.com/watch?v=4KUL9-eNXzQ#at=58
Chic - Le Frak (1978)

- o ambiente – Haçienda (Manchester), boates disco, clubes de Chicago e NY, “Os embalos de sábado a noite” - décadas de 1970 e 1980 – alguns espaços criaram as condições para o desenvolvimento que emerge na cena da Disco Music para, sem a intenção, preparar a estética, a moda e as mudanças comportamentais que seria a base da música eletrônica que surgiria na década de 1980.

“Os embalos de sábado a noite”

Donna Summer - I feel love (1977)

Dancin’ Days (1978) – abertura da novela da Globo.
- os pais pop - Kraftwerk – década de 1970 – banda alemã responsável por tornar a música eletrônica um fenômeno pop e crucial para entender a música popular a partir da década de 1970 quando lançam três discos fundamentais: “Autobahn” (1974), “Radio-activity” (1975) e “The man machine” (1978).

Kraftwerk – The Robots

- a primeira face pop (tecnopop) - Depeche Mode, Pet Shop Boys e New Order – década de 1980 – bandas responsáveis por refundir a música eletrônica com o pop, esse movimento foi chamado de Synthpop em função do intenso uso de batidas eletrônicas e sintentizadores por serem muito influenciados pelo Kraftwerk.

Depeche Mode – Strange love

Pet Shop Boys – West end girls

New Order - The Perfect Kiss

Continua...

Referências

"Música eletrônica" - Marcelo Ferla
"Todo DJ já sambou um dia" - Cláudia Assef