quarta-feira, 11 de abril de 2012

Proposta 2012-8 - Uberaba - todas as turmas (entrega - 19-04-2012)

Leia atentamente os textos abaixo:



Texto 1
"O bem-estar, dizem os especialistas, é resultado do equilíbrio do nosso corpo. Quando estamos em harmonia, todas as partes do corpo funcionam direitinho e isso traz resultados positivos em nosso dia-a-dia, no trabalho, nas conquistas, na nossa personalidade, enfim. Uma mulher, por exemplo, jamais poderá se sentir bem estando insatisfeita com a sua aparência. Como alguém pode se apaixonar se reprova a sua própria imagem no espelho?"
(Revista Mais Vida, agosto de 1995)

Texto 2
"O império da vaidade: 'Em tempos de ditadura da beleza, o corpo é massacrado pela indústria e pelo comércio, que vivem de nossa insegurança, impotência e angústia. Criou-se uma tirania que não suporta quando um cidadão tenta ser feliz como gosta e como pode, mesmo que seja comendo uma pizza.'" 
(Paulo Moreira Leite)

Texto 3
"Os cabelos à moda hippie de algumas mulheres dão uma impressão desagradável de relaxamento, as roupas manchadas, as unhas maltratadas e os pés geralmente sujos causam em muitos homens certa aversão. Esquecem-se essas mulheres de que poderiam embelezar o mundo e encantar os olhos e corações masculinos. Os homens de sensibilidade sentem necessidade de estar sempre em contato com a beleza e a harmonia, e quando isso não acontece no seu dia-a-dia, tornam-se mentalmente esgotados, nervosos, 'enfossados' e infelizes. A beleza, feminilidade e delicadeza da mulher representam um paliativo na vida atribulada do homem atual."
(Dílson Kamel e José Guilherme Kamel, A Ciência da Beleza)

Texto 4
"O filósofo grego Platão fez eco a Pitágoras, ao dizer que o belo residia no tamanho apropriado das partes, que se ajustavam de forma harmoniosa no todo, criando assim o equilíbrio. Esse ideal estaria personificado em Helena, pivô da Guerra de Tróia (...). De tão deslumbrante, Helena foi elevada à categoria de semideusa no célebre poema épico Ilíada, de Omero. Sabe-se que a beleza da rainha egípcia, esposa do faraó Amenófis IV, que viveu catorze séculos antes de Cristo, também se amparava no equilíbrio das formas. O busto com sua imagem, hoje exposto no Museu Egípcio de Berlim, mostra que tinha o semblante perfeitamente simétrico e perfil bem delineado, além de maças do rosto salientes e lábios carnudos - detalhes que remetem ao conceito atual de beleza feminina. A doutrina grega da beleza comportava, ainda, um outro conceito importante - o da luminosidade. Em Homero, pode-se ler que 'belas são as armas dos heróis, porque são ornadas e resplandecentes; é bela a luz do sol e da lua, e belo é o homem de olhos brilhantes'. A luminosidade se tornaria, assim, um ideal a ser perseguido, principalmente na pintura renascentista. (...)
A escultura Davi, de Michelangelo, é um dos exemplos mais perfeitos da aplicação da proporção áurea. Foi no século XVIII que nasceu a disciplina filosófica que leva o nome de estética e que se ocupa do belo e da arte. Na segunda metade do século seguinte, as explicações sobre a natureza da beleza tomaram um rumo inesperado com as teorias do naturalista inglês Charles Darwin. Em seu livro A Origem das Espécies, de 1859, ele a definiu como um fator biológico necessário à reprodução dos animais. Hoje, psicólogos evolucionistas defendem suas teorias sobre a beleza calcados na premissa darwiniana de que ela serve para assegurar a sobrevivência da espécie humana. A preferência dos homens por mulheres jovens, de quadris largos e cintura fina - atributos ligados è fertilidade - seria uma forma de garantir a geração de filhos saudáveis. Já as mulheres se sentiriam atraídos por homens altos e fortes, porque esses seriam atributos de bons provedores e de defensores da prole em qualquer circunstância.
Muitos estudiosos vão à frente nessa teoria e afirmam que atualmente, mais do que nunca, a aparência física é levada em conta não apenas no terreno do amor e do sexo, mas em todos os relacionamentos pessoais." 
(Veja, maio de 2004.)

Texto 5
“Chamados de transtornos alimentares (a anorexia e a bulimia são os mais conhecidos), eles fazem o paciente desenvolver uma relação doentia com a comida - ou empanturram-se com até 15 mil calorias em uma única refeição para depois colocar tudo para fora (caso da bulimia) ou ficam dias sem comer (na anorexia). 
Os portadores da doença também desenvolvem uma obsessão pela forma física e distorcem a auto-imagem a tal ponto que se sentem gordos mesmo estando com 38 kg. O resultado é a paulatina deterioração física e mental, que começa com sintomas leves como queda dos cabelos até complicações cardiovasculares, renais e endócrinas graves que podem levar a morte (veja o artigo todo).
Educadores, professores, pais devem ter noção dos fatores de risco da Anorexia Nervosa e da Bulimia:
- Meninas adolescentes e adultas jovens de classe média e média-alta;
- Meninas que aspiraram trabalhar em atividades que privilegiam e enfatizam o estado de magreza do corpo (atores, modelos, bailarinas e desportistas);
- Ex- gordas ou com excesso de peso que se tornam obsessivas por práticas freqüente de dietas;
- História familiar de transtorno obsessivo-compulsivo;
- Baixa auto-estima, expectativa de grandes desempenhos (feitos), perfeccionismo, insegurança no relacionamento social, dificuldade em identificar e expressar sentimentos;

Concomitantemente podem ser traços característicos da personalidade para a Anorexia Nervosa o seguinte: preocupações e cautela em excesso, medo de mudanças, hipersensibilidade e gosto pela ordem;
Para a Bulimia Nervosa esses traços característicos da personalidade seriam: Impulsividade, desorganização, preferência pelo novo, fácil desmotivação, extroversão, preocupação com modismos.
Essa patologia, é significativamente agravada pela valorização desmedida que algumas culturas modernas emprestam à estética corporal, sugerindo à pessoas mais vulneráveis que seria praticamente impossível conciliar a felicidade com uma discreta "barriguinha".
Todos estes Transtornos Alimentares compartilham alguns sintomas em comum, tais como, desejar uma imagem corporal perfeita e favorecer uma distorção da realidade diante do espelho. Isto ocorre porque, nas últimas décadas, ser fisicamente perfeito tem se convertido num dos objetivos principais (e estupidamente frívolos) das sociedades desenvolvidas. É uma meta imposta por novos modelos de vida, nos quais o aspecto físico parece ser o único sinônimo válido de êxito, felicidade e, inclusive, saúde.
Em países desenvolvidos, 93% das mulheres e 82 % dos homens entrevistados estão preocupados com sua aparência e trabalham para melhorá-la. De um modo geral, desejar ardentemente ter uma imagem corporal perfeita não implica sofrer de alguma transtorno emocional, porém as possibilidades de que esta apareça é fortemente aumentada. É na adolescência, quando a personalidade ainda não está plenamente configurada, que este tipo de obsessão se converte num pesadelo, agravado pelos modelos de perfeição e beleza que os meios de comunicação enfática e constantemente transmitem. Os jovens se sentem na obrigação de ter corpos perfeitos, extremamente "saudáveis", ainda que para tal se sacrifique a saúde e seu bem estar.”
(...)


Proposta de redação A - Dissertação (UFTM, USP, Unesp, etc.)
            Escreva uma dissertação em que você defenda meios e prática capazes de conciliar a vaidade, a prática esportiva, a alimentação e a promoção de saúde.

Instruções:
- Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa.
- A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
- Dê um título a sua redação.

Proposta de redação B - Artigo de opinião (UFU)
Quando se discute os rígidos e dificilmente alcançáveis padrões de beleza impostos pela sociedade ocidental, é possível afirmar que mulheres são mais exigidas do que homens? Ou a exigência é semelhante? Ou essa situação tende a igualdade em algumas décadas?

Instruções:
- A redação deverá ter entre 25 e 30 linhas.
- Dê um título a sua redação.

Proposta de redação C – Outros gêneros textuais - Conto (Unicamp)
Escreva um conto breve em que uma pessoa relate como revistas, filmes e novelas interferiam na forma como ela se via e como entendia o que poderia ou não ser considerado belo nela própria.

Instruções:
- Seu texto deve ter título.
- Seu texto deve ter no mínimo 25 e no máximo 30 linhas.